Sem categoria

Assentamento Terra Nossa em festa com mais moradia digna

Por em 18/06/2018

Comemorei junto aos agricultores e agricultoras familiares do Assentamento Terra Nossa a vitória da comunidade rural, que conquistou mais 30 unidades habitacionais, por meio do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), vinculado ao Minha Casa Minha Vida Rural.

Formada por integrantes do Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA), no município de Ponto Novo, as famílias dessa localidade possuem uma luta histórica contra a concentração de terras pelo agronegócio e o modelo de agricultura praticado pelo grande latifundiário, que utiliza veneno e pulverização aérea. As famílias já passaram por várias situações de violação dos direitos humanos como despejo e a destruição de moradias, além dos canteiros de produção de alimentos.

A conquista da moradia é uma vitória diante das grandes dificuldades que o assentamento já passou na luta por vida digna no campo. As novas habitações são resultados das ações do movimento, que conseguiram o convênio firmado entre a Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), e a Associação de Pequenos Agricultores do Sudoeste da Bahia (APASBA).

TAGS
PUBLICAÇÕES RELACIONADAS

COMENTE

Elisângela Araújo
Bahia, BR

Agricultora familiar e diretora executiva da CUT Nacional e coord. da CONTRAF BRASIL e do Fórum Baiano da Agricultura Familiar participa de atividades em defesa da classe trabalhadora e por políticas públicas que tragam a vida digna para o campo.

Facebook
Facebook By Weblizar Powered By Weblizar